EDITORIAL

Josiel Lopes Valadares

Universidade Federal de Viçosa, Departamento de Administração e Contabilidade (DAD). Av. Peter Henry Rolfs s/n - Campus Universitário. 36570-900, Viçosa – Minas Gerais, Brasil, (31) 3899-1607, josiel.valadares@ufv.br


Caros (as) leitores (as),

Neste terceiro número de 2018 apresentamos a vocês uma seleção de artigos bastante heterogênea tanto do ponto de vista epistemológico quanto metodológico. Inclusive, trazemos para você leitor um caso para ensino. Convidamos a você leitor a se aprofundar nas leituras e perceber o movimento na qual os textos trazem para o contexto das organizações públicas.

Aproveitando o ensejo, comunicamos que a APGS está com uma chamada de trabalhos para Edição Especial intitulada “Dimensões Intraorganizacionais e Funções Gerenciais no Setor Público”. Em comemoração aos 10 anos da APGS e aos 5 anos da Sociedade Brasileira de Administração Pública (SBAP) esta edição terá como editor convidado o Prof. Fernando de Souza Coelho (SBAP e EACH-USP) e como coeditores convidados os professores (as) Bianor Scelza Cavalcanti (IASIA e FGV-RJ), Dany Flavio Tonelli (DAE-UFLA), Evelyn Levy (CONSAD) e Thiago Dias (SBAP e CCSA-UFRN). Em tempo, o prazo limite para envio de trabalhos é 31 de Janeiro de 2019. Para mais informações acesse o sítio oficial da APGS.

Abrimos esta edição com o texto de autoria de Lia de Azevedo Almeida e Ricardo Corrêa Gomes intitulado Atores, Recursos e Interesses na Formulação da Política Nacional de Resíduos Sólidos. No artigo, os autores analisam a Política Nacional de Resíduos sólidos a partir dos recursos possuídos, os interesses e os conflitos estabelecidos entre os atores que se estabelecem ao no processo de formulação da política. No processo de análise identificou-se a participação de um quantitativo expressivo de atores a partir de diferentes recursos impulsionando o papel das negociações no processo de decisões da política.  Os resultados da pesquisa apontam para o fato de que os recursos possuídos pelos atores são um importante aspecto explicativo do processo decisório em políticas públicas.

Na sequência, trazemos o texto Atuação da sociedade no Conselho Nacional de Turismo: demandas e rede de relacionamentos, de autoria de Joana Luiza Oliveira Alencar, Edgar Reyes Júnior. No artigo os autores buscam analisar o conteúdo da atuação da sociedade junto às políticas públicas de turismo no espalho do Conselho Nacional de Turismo (CNTUR) e a rede que se forma a partir desse conteúdo. A análise implementada permitiu aos autores concluírem que existe um baixo nível de participação neste contexto e que poucos atores são responsáveis pela maioria das proposições, especialmente o Ministério do Turismo e o indicado da presidência da república

Herivélton Antônio Schuster, Suzana Habitzreuter Muller, Moacir Manoel Rodrigues Junior Avaliação da Eficiência do Atendimento no SUS pro meio da Análise Envoltória de Dados: Um Estudo nas Microrregiões do Estado do Paraná. O estudo objetivou avaliar, por meio da Análise Envoltória de Dados (DEA), a eficiência dos hospitais que atendem pelo Sistema Único de Saúde (SUS) nas microrregiões do estado do Paraná. Entre seus principais achados os autores consideram que os repasses de recursos do SUS reduzem a ineficiência, reflexos dos avanços alcançados pela gestão do SUS.

O quarto artigo dessa edição, Fatores Pessoais que Motivam a Doação de Dinheiro e/ou Bens, é de autoria de Rozelia Laurett, Emerson Wagner Mainardes. Os autores tem por objetivo  identificar os fatores pessoais que motivam os brasileiros a doarem dinheiro e/ou bens. A partir de uma análise quantitativa com corte transversal identificou-se dimensões subjacentes das características pessoais que tendem a motivar a doação de dinheiro e/ou bens. Dentre elas é possível citar conformidade social, aspectos sociodemográficos, necessidade e prazer em comprometimento com o próximo, dentre outras.

Suzanne Nóbrega Correia, Verônica Macário de Oliveira, Maria José da Silva Feitosa, Carla Regina Pasa Goméz assinam o quinto artigo dessa edição. Intitulado Inovação Social para o Desenvolvimento Sustentável: um caminho possível o artigo investiga como iniciativas de inovação social promovidas pelo Centro de Educação Comunitária Rural (CECOR – PE) se relacionam com a promoção do desenvolvimento sustentável. Os resultados da pesquisa apontam que a iniciativa investigada proporciona melhoria significativa na renda familiar possibilitando sua participação em representações sociais e em feiras agroecológicas; na sustentabilidade ambiental, os resultados demonstraram melhoria na qualidade alimentar dos agricultores e o despertar seus interesses para práticas ambientais.

O sexto artigo dessa edição, em forma de ensaio, é de autoria de André Costa Monteiro Leonel, Dany Flávio Tonelli, Paulo Henrique Montagnana Vicente Leme, Julia Moretto Amâncio. No ensaio intitulado Limites e Possibilidades da Interação Sociopolítica entre Sociedade e Câmera dos Deputados pelo Portal Eletrônico e-Democracia. Os autores tiveram por objetivo investigar os limites e as possibilidades do portal e-Democracia na realização de seu propósito de promover a interação entre a Câmara dos Deputados e a sociedade. Entre os principais resultados, observou-se que uma das principais limitações do e-Democracia está relacionada com a participação restrita dos deputados, o que gera certo sentimento de frustração dos usuários da sociedade.

Para fechar essa edição trazemos o caso para ensino Relações de Poder e Resistências em uma Organização Pública: um Caso de Ensino. De autoria de Paula Fernandes Furbino Bretas, busca-se com o caso abordar uma situação conflituosa específica, ocorrida na área de Comunicação, devido à fusão de dois setores que privilegiavam formas de saber distintos: o saber racional-legal e o saber tácito e prático. Além de estudar as relações de poder, através do ensaio será possível compreender também como as resistências se configuraram por meio de ressignificações no discurso e por ações/ táticas.

 

 

 

Boa Leitura

Josiel Lopes Valadares

Editor-Chefe

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

Administração Pública e Gestão Social e-ISSN: 2175-5787

Editora: Universidade Federal de Viçosa

Google Scholar: Índice h5 6

Licença Creative Commons
Esta obra foi licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.

 

 

QUALIS/CAPES

B1 - ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E DE EMPRESAS, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E TURISMO

B2 - CIÊNCIA POLÍTICA E RELAÇÕES INTERNACIONAIS

B2 - DIREITO

B2 - INTERDISCIPLINAR

B2 - PSICOLOGIA

B2 - SERVIÇO SOCIAL

B3 - ECONOMIA

B3 - CIÊNCIAS AMBIENTAIS

B3 - PLANEJAMENTO URBANO E REGIONAL / DEMOGRAFIA